Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
 ar livre salão casa são paulo cerimônia vivenda colonial vivenda
Foto: Fernando Satt
A Gisele é brasileira e o Gokhan da Turquia, ambos arquitetos graduados no mesmo ano de 2003 com um sonho em comum, fazer um mestrado no exterior. Foi em 2010, quando se conheceram ao dividirem a mesma sala de aula na Universidade de Bath (Inglaterra), que se tornaram amigos. Após um ano de amizade eles ficaram cada vez mais próximos e notaram que o sentimento era muito além da amizade. Quando algo finalmente aconteceu, eles já estavam muito apaixonados, o que fez desse momento ainda mais especial!

Três anos se passaram, ele trabalhando em Londres e ela em Bournemouth (2 horas de Londres) quando ele a levou pela segunda vez a Istambul, sua cidade natal. Como sempre, ele planejou vários passeios turísticos pela cidade e apenas dizia a programação do dia seguinte. Após um dia cheio visitando Dolmabahce Palace, ele a levou para jantar no ‘Raika Restaurant’ que fica localizado no último andar do ‘Marmara Taksim Hotel’, proporcionando uma vista panorâmica da cidade de Istambul. O pedido de casamento foi uma surpresa totalmente inesperada, que a Gisele, sem esitar muito, aceitou. Quatorze meses depois, a união foi firmada em Atibaia, cidade bem próxima da cidade natal da Gisele, São Paulo, em lugar muito gracioso chamado Vivenda Colonial – Espaço para Eventos. 
 são paulo vivenda atibaia casa ar livre vivenda colonial salão cerimônia
A decisão de se casarem no Brasil ocorreu apenas 7 meses antes do casamento, quando a família do Gokhan foi informada para providenciarem as passagens aéreas para o grande dia. A partir desse momento, a Gisele começou a planejar de longe o casamento com a ajuda de seus pais e irmã que moram em São Paulo. Após uma intensa pesquisa dos possíveis locais para o casamento, a Gisele se apaixonou pela Vivenda Colonial – Espaço para Eventos, a antiga casa sede da Fazenda São Bento, uma grande produtora de café em meados do século XIX. Após explicar ao Gokhan, o significado que a arquitetura colonial representa ao Brasil, ele topou imediatamente, e após a visita dos pais da Gisele a Vivenda Colonial, e após conhecer a proprietária, Eneida, o pacto já estava feito. Após esse momento, a Gisele começou a criar o conceito visual rústico chic que pretendia para o casamento, sempre buscando valorizar a arquitetura colonial da casa sede. 
 vivenda colonial ar livre salão cerimônia colonial atibaia casa
 vivenda colonial são paulo salão casamento atibaia vivenda cerimônia
Após conversar com a sua assessora, Andrea (Ceci Marie) e a decoradora, Carolina (Kafiori Decorate), surgiu a ideia de ter a frente da casa sede como fundo da cerimônia, ideia que a Gisele não exitou em abraçar. Para registro fotográfico desse grande momento foi escolhido o talentoso Fernando Satt e sua equipe, o Guilherme Tichauer (Zorba) e o Marcelo MN que fizeram um trabalho excepcional. Todos os fornecedores alinhados, roupas/vestido dos noivos nas bagagens de mão, o casal parte para São Paulo com apenas uma semana de antecedência da data do casamento. Com a ajuda da família, uma amiga especial e de excelente profissionais, o casamento aconteceu sob um inesperado céu azul, após uma manhã de tempestade típica de verão, que acabou voltando após a recepção para refrescar esse dia especial.
 vivenda casa são paulo cerimônia salão atibaia ar livre casamento
casamento cerimônia salão vivenda colonial são paulo vivenda ar livre colonial
 casa vivenda colonial colonial casamento são paulo salão vivenda
 são paulo casamento atibaia vivenda colonial colonial cerimônia salão
 salão vivenda colonial atibaia casa casamento cerimônia vivenda
 cerimônia casa casamento vivenda atibaia vivenda colonial salão
 colonial são paulo vivenda casa casamento salão cerimônia
 atibaia salão vivenda cerimônia colonial ar livre casamento
 vivenda colonial são paulo ar livre vivenda salão colonial atibaia
 casa vivenda colonial casamento ar livre atibaia são paulo cerimônia
 casa ar livre atibaia cerimônia vivenda colonial são paulo vivenda
 colonial atibaia são paulo casamento vivenda ar livre vivenda colonial
 vivenda casamento cerimônia ar livre atibaia casa são paulo
 ar livre são paulo cerimônia colonial salão vivenda casa
 colonial casamento vivenda colonial são paulo casa salão vivenda
 vivenda atibaia cerimônia são paulo ar livre salão vivenda colonial
 ar livre vivenda atibaia vivenda colonial casamento salão são paulo colonial
 atibaia colonial ar livre vivenda vivenda colonial cerimônia salão
 atibaia cerimônia colonial ar livre vivenda vivenda colonial casa
 vivenda colonial salão vivenda casa ar livre colonial atibaia
 salão vivenda colonial ar livre casamento cerimônia vivenda colonial
 são paulo salão atibaia cerimônia vivenda colonial ar livre colonial
 vivenda vivenda colonial ar livre são paulo colonial salão atibaia
 colonial são paulo vivenda casamento ar livre vivenda colonial salão
 cerimônia casa vivenda colonial atibaia são paulo vivenda salão
 atibaia salão casa vivenda cerimônia ar livre colonial são paulo
Lindos! Muitas felicidades! <3


Ficha técnica: Local: Vivenda Colonial | Fotografia: Fernado Satt / Guilherme Tichauer / Marcelo MN| Assessoria: Ceci Marie Assessoria em Eventos | Decoracao: KaFiori Decorate | Musica: Tchiquila Eventos Celebrante: Casamento Ecumenico Buffet: Euro Gourmet Bolo: Giovanna Melilli Cake Designer Doces finos: Vera Daud Doces Finos Sabonetes artesanais: Marcia Honji Saito (sabonete) e Suzely Sabadini (acabamento) Making of: Keka Rauch Vestido da noiva: Essesnce of Australia Traje do noivo: White Stuff

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Ficha Técnica

O que você acha?

Não há comentários ainda.