Casamentos pelo Mundo: Japão

por Thaisa Dalmut

Conhecido como um país a frente de seu tempo, o Japão conserva seus costumes e tradições. O casamento japonês é uma celebração tão importante para a família que os pais, de ambos os noivos, chegam a guardar dinheiro durante a vida toda para a realização e felicidade dos filhos. Atualmente, a sua realização é feita de diversas formas, seja no estilo ocidental (quando a relação começa pelo namoro) ou tradicional: casamento arranjado por algum parente, amigo da família, ou até mesmo, por um agente profissional. Nas antigas tradições japonesas, o casamento era uma maneira de reforçar as relações políticas e uma forma de manter a paz.

Continua após a publicidade..


Cerimônia

O tempo de duração da cerimônia pode variar conforme o estilo escolhido, algumas delas, pode ter de dois a três estilos misturados. Em sua maioria, o sacerdote faz a purificação dos noivos em frente ao altar, fazendo uma prece com uma musica sagrada ao fundo, esse momento da cerimônia, não é permitido filmar ou fotografar. Para a celebração, os noivos tomam pequenas doses de saquê alternadas em três cálices diferentes. Em seguida, vem a leitura do seishi, um juramento de amor e fidelidade. Para finalizar, acontece a troca de alianças – fato que não acontecia nos antigos casamentos – e os noivos fazem uma oferenda aos deuses. Neste dia, os trajes dos noivos também tem significado importante para suas famílias e tradições. A noiva usa um quimono branco de seda adamascada com um penteado formal e tradicional que leva oito enfeites diferentes. As cores e o estilo podem variar de cerimônia para cerimônia, em algumas delas, o quimono ganha cores e bordados que contam a história de seus antepassados.

Continua após a publicidade..


Continua após a publicidade..

Fotos: Reprodução

Você também vai gostar