CATEGORIAS

 

03/04/18

Este Casal Viaja Pelo Mundo Tirando Fotos Com O Vestido De Noiva

Porque não repetir os momentos mais especiais novamente? Vem conhecer o casal Honeymooners!
Viagem

PRÓXIMO

10 Músicas Que Não Podem Faltar No Casamento De Quem Ama Sertanejo

ANTERIOR

Essa Coleção de Vestidos de Noiva Rue De Seine é Perfeita para Casamentos Boho na Praia!

honeymooners
Fotografia: Honeymooners
Todas as noivas sonham com um casamento especial. Daqueles em que tudo saia perfeito, desde a organização até torcer por um lindo céu azul. Mas, e se chover? E se o momento especial passar tão rápido que você desejaria viver por muitas vezes? Parece uma divagação maluca mas é exatamente o que o casal Joana e André do Honeymooners Travel decidiram fazer! Em cada viagem, o casal português coloca novamente os seus trajes de noivos e voltam a viver a fantasia do casamento! As fotografias incríveis ao redor do mundo são compartilhadas no Instagram e inspiram cada vez mais pessoas a reviver os momentos especiais. Conversamos com o casal e eles nos contaram sobre essa jornada incrível!  
No blog Honeymooners vocês contam que eram namorados de longa data. Já tinham o sonho de viajar o mundo juntos? 

Começamos a namorar com 14 anos, eramos colegas de escola e vivíamos numa vila muito pequena aqui em Portugal. Nesta idade eramos mais amigos que namorados na verdade. Mas fomos crescendo juntos e apaixonando-nos um pelo outro em cada etapa. Hoje temos ambos 26 anos e não nos lembramos da última coisa que fizemos sem estarmos presentes na vida um do outro, onde as viagens que fazemos juntos são aquilo que mais nos realiza. A nossa primeira viagem juntos foi em 2008 a Londres no âmbito de um projeto escolar. Na altura ter descoberto uma cidade tão especial e encantadora como esta, termos vivido as mesmas aventuras, partilhado o mesmo primeiro voo (…), juntos foi uma sensação espetacular. Adoramos a sensação e só queríamos repetir. Achamos que o bichinho de descobrir o mundo os dois nasceu aqui.
http://honeymooners.travel/pt/taj-mahal-num-mundo-ideal-contigo/
http://honeymooners.travel/pt/taj-mahal-num-mundo-ideal-contigo/
Trash the Dress No Taj Mahal, Agra - Índia  {13/10/2016}
Como foi o casamento?

O nosso casamento foi no dia 7/5/2016 na Quinta dos Vilhenas perto de Moimenta da Beira (de onde somos naturais e onde residimos). O dia estava muito chuvoso, mas eu (Joana), ao contrário do André estava super tranquila. O comum é os nervos tomarem conta das noivas, eu sei, mas entre nós foi ao contrário. O André estava preocupado com o mau tempo e a possibilidade de algo acontecer fora do planeado devido a isso. Como sempre ouvimos falar, também o nosso “grande dia” voou. Mal demos pelas horas passar. A quinta onde casamos está envolvida pela serra onde as bonitas flores da primavera (maio em Portugal já traz a primavera na sua plenitude), já a querer mostrar-se. Com muitos espaços verdes, muros e lagos feitos de pedra antiga, foi aqui que aconteceu a cerimonia e todo o copo de água. Tivemos vários momentos ao longo dia que se pautaram pela boa disposição, diversão e alegria de todos nós e muita emoção à mistura. Entre jogos e brincadeiras, algumas surpresas que preparei para o André e vice-versa, quando o dia terminou e olhamos um para o outro surgiu uma enorme melancolia, a de que o dia que tanto tínhamos planeado tinha voado. Fomos para a lua de mel e falávamos todos os dias de como tínhamos pena da efemeridade do dia. A única forma de o prolongar que encontramos seria no trash the dress, mas aqui surgiu a dificuldade de escolher um sitio para voltarmos a usar os nossos fatos e vestido. Arrumá-los para sempre era uma ideia que nos fazia impressão.

"Hoje temos ambos 26 anos e não nos lembramos da última coisa que fizemos sem estarmos presentes na vida um do outro, onde as viagens que fazemos juntos são aquilo que mais nos realiza."

Trash the Dress Em Bad Gastein - Áustria {4/12/2016}
Joana, você sempre teve o sonho de casar, usar vestido de noiva?

Eu acho que o sonho do casamento e do vestido existe em cada menina. Não só pelos desenhos animados que vemos em criança, ou pelos filmes e telenovelas que já todas assistimos, mas porque é o dia de nos tornarmos nas princesas que fantasiamos desde sempre. Fora esta mística que eu acho natural, no meu grupo de amigas não era a que mais falava disso sequer. No entanto acho que esse sonho se foi agigantando à medida que senti a certeza do passo que se ia dar, pela crescente cumplicidade com aquele que iria estar a minha espera no dia que escolhemos para ser o nosso dia. (…) Aconteceu isto comigo da maneira mais natural e gradual que seja possível imaginar. Acabei a faculdade e fiquei noiva a partir daí vivi o sonho com a maior dimensão que ele podia ter. Vi-a vestidos, decoração, animação, música todos os dias, em ene sites e revistas. Sonhava com o dia quase todas as noites. E como acredito mesmo que somos do tamanho dos nossos sonhos, acho que a partir do dia 7/5/2015 (data em que fui pedida em casamento), ainda estou a viver o meu. Esta aventura só nos tem ajudado a prolongá-lo.   

"E como acredito mesmo que somos do tamanho dos nossos sonhos, acho que a partir do dia 7/5/2015, ainda estou a viver o meu.Esta aventura só nos tem ajudado a prolongá-lo."

Trash The Dress Em Havana - Cuba {17/07/2017}
Como surgiu a ideia do trash the dress pelo mundo?

Tal como sempre ouvimos dizer, também o nosso dia de casamento passou muito rápido. E mal conseguimos parar e olhar um para os outros vestidos com aqueles que hoje são os nossos fatos de aventura, mas que ainda são o que idealizamos de vestido e fato de conto de fadas, do nosso conto de fadas. Já existia o gosto pelas viagens e não conseguíamos decidir em que tipo de destino iríamos fazer o Trash the Dress. Além disso, no dia em casamos choveu o dia inteiro, o país estava com um aviso de aleta laranja devido à chuva intensa, sendo assim as nossas fotos não ficaram tão diversificadas como gostaríamos. Não foi difícil perceber que o que queríamos era ter fotografias em múltiplos lugares vestidos de noivos, até porque fomos incapazes de escolher apenas um lugar para os usar uma última vez. Hoje se viajamos e o fato e vestido não vão, já não sabe ao mesmo. Uma pequena confissão, nunca falamos uma única vez de quando os vamos querer arrumar (definitivamente), porque não nos imaginamos a fazê-lo.
Trash The Dress No Deserto do Atacama - Chile  {7/11/2017}
As fotos do Instagram são incríveis, vocês já trabalhavam com fotografia antes?

Antes de mais eu tenho que agradecer pela classificação das fotos. Realmente esse é o nosso objetivo, é que as pessoas gostem das fotos, se inspirem nelas e partam à aventura (não necessariamente esta), mas alguma com que o casal se identifique e que sejam tão felizes como nós diariamente. Como já tivemos oportunidade de contar, eu e o André viajamos juntos desde muito novos e sempre gostamos de registar os nossos momentos em fotografia. Tanto que temos fotos de todas as viagens que fizemos. Não trabalhávamos propriamente com fotografia, mas o nosso gosto sempre existiu e foi aumentando. Recentemente o André fez inclusive uma formação no Instituto Português da Fotografia para aprimorar as nossas fotos. Agora somos altamente exigentes tanto com as fotos que tiramos a nos mesmos como com os fotógrafos que escolhemos para as nossas sessões Trash the Dress.
Trash The Dress Em Hallstatt - Áustria {3/12/2016}
Quando surgiu a vontade de compartilhar a história de vocês?

Eu e o André no final de cada viagem e a cada regresso a casa tínhamos um longa e árdua tarefa, contar todas as peripécias vividas, mostrar todas as fotos e partilhar todas as dicas com a nossa família e os nossos amigos. Pensamos que seria interessante partilhar com o mundo as nossas aventuras porque achamos que iria ser uma ajuda para muitas pessoas que tal como nós têm este gosto enorme por viajar. No entanto só quando decidimos adicionar os nossos fatos de noivos às nossas aventuras, fossem elas em que lugar fossem, (na neve, no deserto, numa cidade …) é que sentimos que era o momento para o fazer. Gostamos de partilhar o que é bom e bonito e o que achamos que pode acrescentar algo de positivo na vida das pessoas.

O feedback tem sido extremamente positivo. Não há nada que possamos pedir mais a esse respeito. As pessoas são muita carinhosas connosco, felicitam-nos e encorajam-nos diariamente. Pedem que continuemos, dizem onde gostavam de nos ver e até nos oferecem as suas casas se tencionarmos visitar as cidades onde moram. Os nossos seguidores/amigos brasileiros têm pedido muito para que os visitemos (era um sonho nosso).   
Trash The Dress Em Hallstatt - Áustria {3/12/2016}
Como tem sido viajar por lugares tão diferentes? Tem alguma dica para que os casais que seguem a Mariée?

A experiência de cada viagem é única e irrepetível. Os lugares que escolhemos nem sempre são os mais esperados, é verdade, mas isso ainda nos dá mais adrenalina. Primeiro porque não há muitas dicas de como ir, ainda para mais levando um vestido de noiva atrás. Achamos super engraçado e desafiante cada viagem. Depois partilhar o modo como fizemos com os nossos seguidores, com toda a verdade de como fizemos e aconteceu cada coisa da viagem é algo que gostamos mesmo muito. Não temos dúvidas quanto o conselho que damos sempre a qualquer casal, achamos que mais do que o “Amor” que um casal sabe que deve existir para dar este passo tão importante, deve haver uma grande amizade. Um amigo não magoa outro, não trai, está presente nas horas boas e nas más mais ainda. Se a isto juntarmos a outra parte que toda a gente identifica como muito importante e é, (o amor), achamos que não tem como falhar. Por isso amem-se, sejam muito amigos e serão com certeza muito felizes. Vai dar certo!
Muito obrigada Joana e André por compartilhar as história de vocês! Foi um prazer conhecê-los (ainda que virtualmente!)

E você? Qual versão do trash the dress é a sua preferida? Confesso que ainda não consegui parar de suspirar pelo ensaio no Taj Mahal <3

Share Post.

00

00

00

00

Tags.

#entrevista

AUTOR

Ana Paula Motta Rabelo

Redação

Deixe Seu Comentário.
Publicidade

ANTERIOR

10 Músicas Que Não Podem Faltar No Casamento De Quem Ama Sertanejo

PRÓXIMO

Essa Coleção de Vestidos de Noiva Rue De Seine é Perfeita para Casamentos Boho na Praia!