CATEGORIAS

 

24/07/19

Como lidar com a insegurança
na hora da cerimônia?

Vem conversar com a gente sobre o assunto!
Fale com quem entende

PRÓXIMO

Como convidar suas madrinhas padronizando os vestidos

ANTERIOR

Os Convites das Minhas Madrinhas

Muitas noivas ficam apreensivas com o que vai acontecer no grande dia. Será que tudo vai estar do jeitinho que foi planejado? E na hora da cerimônia? Vai dar tudo certo? Conversamos com a Isabela Nicastro, da SEM TRAVAS NO CORAÇÃO para falar sobre o assunto!
crédito: Atelier Art Luz Fotografia

#NoivaAnsiosa

Existem noivas que querem saber de cada detalhe da cerimônia do casamento (alô virginianas!). Detalhes que vão da flores do altar até as palavras do celebrante. E como faz para controlar o nervosismo até o grande dia? 

A primeira resposta é ter calma. Tente lidar com cada detalhe da melhor maneira possível e contrate profissionais que te deixem segura e confortável. Um profissional vai saber como lidar com cada situação, até mesmo na hora da cerimônia, como a Isabela Nicastro, celebrante da SEM TRAVAS NO CORAÇÃO, nos contou: 


"Sim, existem noivas ansiosas demais! (risos!)".

"É normal, afinal, é o grande dia da vida delas! Elas querem saber de tudo de como será a cerimônia. O texto da SEM TRAVAS NO CORAÇÃO é surpresa para os noivos e isso causa uma ansiedade boa!"
Como lidar com a insegurança na hora da cerimônia? Isabela Nicastro SemTravas No coracao
RICARDO AMARO
Como lidar com a insegurança na hora da cerimônia? Isabela Nicastro SemTravas No coracao
RICARDO AMARO
Crédito: Ricardo Amaro

"A intenção de ser surpresa é justamente emocioná-lo, é permitir que eles estejam ali, 100% presentes na cerimônia, sem se preocupar com o jantar, com a recepção, etc."

Concentração nos preparativos

Isabela conta que os momentos anteriores ao grande dia são muito importantes. É durante o processo que ela vai conhecendo o casal, tanto para saber como será o seu trabalho, quanto para tranquilizá-los:

"Para tranquilizá-los quanto a isso, no processo de entrevista com cada casal, sempre pergunto o que eles querem muito na cerimônia e o que não querem de jeito nenhum, além de outras perguntas mais específicas".

"Dessa forma, eles se sentem seguros de que o texto vai ter, definitivamente, a essência do que eles são, sem nenhuma gafe ou chateação que eles não desejam". 

"Por isso é muito importante que o celebrante passe essa confiança para o casal, que mostre credibilidade e mais do que isso para segurança para celebrar o amor no grande dia da vida deles."  
Como lidar com a insegurança na hora da cerimônia? Isabela Nicastro SemTravas No coracao
ALE CAVALIERE
Crédito: Ale Cavaliere

Passo a passo da cerimônia

"Começamos 3 meses antes da data da cerimônia. A primeira entrevista é com os noivos juntos. Nessa entrevista, vou entender o que eles querem na cerimônia, o que os faria felizes e como podemos conduzir o texto. Além disso, é a entrevista para descobrir sobre a história de amor deles, como começou, como são em personalidade, etc". 

"Depois seguimos para as entrevistas individuais, só com noivo e só com noiva. Nessas individuais, conversamos sobre assuntos mais profundos como família, infância de cada um, hobbies, visão sobre casamento, etc". 

Como lidar com a insegurança na hora da cerimônia? Isabela Nicastro SemTravas No coracao
Felipe Sousa
Como lidar com a insegurança na hora da cerimônia? Isabela Nicastro SemTravas No coracao
Felipe Sousa
Crédito das imagens: Felipe Sousa Fotografia

 "Aí, depois das entrevistas individuais, temos as entrevistas com os amigos ou familiares de cada uma das partes. É importante ter uma visão de alguém querido pelo casal para falar sobre eles." 


"Só depois dessas 5 entrevistas, é que começamos o processo de escrita do texto. Por isso, a noiva já se sente confiante, pois sabe que o texto não vai ser criado do nada, que tudo que foi falado nas entrevistas vai servir como base para a construção da história deles". 

"Esse processo garante intimidade com o casal, já que fico por dentro de questões íntimas deles e também passo a devida segurança e confiança que eles esperam."  
Como lidar com a insegurança na hora da cerimônia? Isabela Nicastro SemTravas No coracao
ALE CAVALIERE
crédito: Ale Cavaliere

Noivas falantes X Noivas tímidas

Além das noivas ansiosas, existem aquelas mais tímidas, reservadas. Aspectos que podem também gerar um certo nervosismo quando o dia está para chegar, afinal, não é tão fácil ser o centro das atenções. Para essas noivas, Isa também tem um jeitinho de lidar!

"Existem algumas técnicas para os casais que falam pouco poderem se soltar e falar nas entrevistas. No entanto, a técnica principal é a celebrante estar de ouvido atento e coração aberto"

"É passar a credibilidade para os noivos, uma sensação de confiança. Assim, aos poucos, a conversa flui naturalmente e tudo sai de uma forma leve e divertida". 

"Ao final das entrevistas, os noivos sempre me falam que parecem ter saído de sessões de terapia, já que revivem momentos maravilhosos do relacionamento, conversam sobre o outro, buscam significados muito importantes para eles". 


Como lidar com a insegurança na hora da cerimônia? Isabela Nicastro SemTravas No coracao
RICARDO AMARO
Crédito: Ricardo Amaro Fotografia 

"Esse processo todo é realmente gratificante, tanto para mim, celebrante, quanto para os noivos. Aí no dia da cerimônia, eles já estão confiantes, ansiosos pelo texto surpresa, mas entregues a ouvir o melhor sobre eles." 

"No dia da cerimônia, eles já estão confiantes, ansiosos pelo texto surpresa, mas entregues a ouvir o melhor sobre eles."

Como lidar com a insegurança na hora da cerimônia? Isabela Nicastro SemTravas No coracao
Ricardo Amaro
Crédito: Ricardo Amaro Fotografia

Gostaram da matéria? 
Desejamos que você esteja confortável e confiante no dia mais especial de sua vida!

Share Post.

00

00

00

00

Tags.

#ANSIEDADE #cerimônia #isabela nicastro #sem travas no coracao

AUTOR

Ana Paula Motta Rabelo

Redação

Deixe Seu Comentário.
Publicidade

ANTERIOR

Como convidar suas madrinhas padronizando os vestidos

PRÓXIMO

Os Convites das Minhas Madrinhas