CATEGORIAS

 

20/10/14

Aprenda a evitar as gafes mais comuns em convites de casamento

O que não se deve fazer neste primeiro momento.
Fale com quem entende

PRÓXIMO

Como escolher os padrinhos do casamento

ANTERIOR

Alessandra Rinaudo

O convite é literalmente a “primeira impressão” do seu casamento. Não dá pra começar errando, não é mesmo? Os convidados, já perceberão no convite os 'sinais' de como será o grande dia. Hoje vou compartilhar os erros mais comuns e gafes que tenho visto nos convites de casamentos aqui no Brasil e os cuidados para não cometê-los:

1) É deselegante (e sempre será) um convite mencionar a Lista de Presentes

Uma boa solução pra divulgar sua lista, que não tem problema algum fazer, é contar para os pais e familiares próximos e para a pessoa que fará suas confirmações de presença. Os convidados perguntarão ou ainda, se caso tenham um site do casamento, também é uma ótima opção fazer uma aba para esse assunto.

2) O convite tem que estar em harmonia com o porte da sua festa

Já vi convites imponentes para uma festa pequena e delicada, assim como convites simplórios (que é diferente do simples e elegante) em festas enormes. Essa desarmonia se torna um erro, pois é pelo convite que o convidado vai saber o estilo de festa que estará indo e, consequentemente, traje e afins. Fiquem também atentas ao tamanho do convite, ele também poder estar relacionado com o tamanho da festa. Confira algumas dicas de convites  de acordo com cada estilo aqui.

3) Não é elegante entregar o convite no plástico

Os saquinhos de plástico que são colocados nos convites prontos têm como único objetivo protegê-los do manuseio durante a entrega e, portanto, é uma gafe entregá-los aos convidados assim. Só mantenha essa proteção plástica se não for entregar em mãos.

DICA: para minhas noivas eu peço sempre o lado direito aberto na plastificação, pra agilizar a retirada. Também tem-se usado muito o papel vegetal para substituir o plástico, nesse caso ele sempre segue com o convite.

4) Não envie convites em cima da hora

Para casamentos, o convencional é que o convite seja entregue com mínimo 30 dias de antecedência e, para padrinhos, pais e convidados de outras cidades, a antecedência correta é de 60 a 90 dias.

5) Não é indicado abreviar nenhum sobrenome dos pais no convite

É uma gafe comum, mas o correto é sempre utilizar o sobrenome por escrito.

6) Errar nome do convidado é uma grande gafe

Imagina como o convidado deve se sentir com seu nome escrito errado. Os apelidos geralmente também não combinam com convites de casamentos, por mais informal que seja o seu. Como diz a Glória Kalil: “Casamento é casamento”.

7) Não é indicado usar títulos profissionais no convite

O casamento é evento social e as pessoas convidadas são desvinculadas das questões profissionais, não importa sua autoridade. Antes do nome do convidado jamais use títulos como Dr. , Profº, etc.

8) Fuja correndo do critério o “convite vai para lixo”, é um grande erro não valorizá-lo como se deve.

O design dessa papelaria é uma ferramenta maravilhosa e indispensável para arrasar.

Inclusive, desde o convite, reservas de mesa e até o menu, toda a papelaria da festa deve ser valorizada, é um detalhe que faz toda a diferença. 

Fotos: Toni Minighini

 

Depois dessas dicas, prepare-se para a chuva de elogios no seu convite! E, se ainda ficou com alguma dúvida, por favor, escreva nos comentários, será um prazer responder. Até próxima segunda-feira!

Share Post.

00

00

00

00

Tags.

#convite

AUTOR

Silvia Baldi

Assessora

Deixe Seu Comentário.
Publicidade

ANTERIOR

Como escolher os padrinhos do casamento

PRÓXIMO

Alessandra Rinaudo